Características

     Minas Gerais é um estado que compõe a federação brasileira, ocupa o quarto lugar em extensão territorial com uma área de 586. 528 km2. Esse imenso território, que equivale ao da França, abrange uma grande riqueza natural, dessa forma, apresentamos os principais aspectos naturais do Estado com destaque para o relevo, clima, vegetação e hidrografia.

Relevo

      As características do relevo de Minas Gerais fazem com que o Estado apresente a altitude mais elevada do país. A superfície do Estado é composta por relevo, com altitudes que oscilam entre 900 e 1500 metros, além disso, é possível identificar cinco unidades de relevo.

Planalto cristalino – Apresenta altitudes médias de 800 metros nos planaltos e nas proximidades da zona da mata essa diminui. Ocorrem também depressões que dão origem aos vales do rio Jequitinhonha e Doce.

Serra do Espinhaço – Apresenta uma altitude média de 1.300 metros.

Depressão do Rio Francisco – Ocorre na parte Oeste de Minas, na direção norte-sul, com altitude média de 500 metros.

Planalto do São Francisco – Constitui um espaço composto por chapadões com relevo acidentado dividido por vales, apresenta altitude média de 1.000 metros.

Planalto do Paraná – Possui altitude média de 600 metros com a presença de diversos rios como o Prata, Tijuco e o Araguari.

Clima

      No Território mineiro o clima que predomina é o tropical de altitude, além de apresentar o tropical. O primeiro ocorre nas áreas de relevo mais elevadas nas quais desenvolvem temperaturas que variam entre 17 a 20ºC, com índices pluviométricos que superam os 1.300 mm anuais. O clima tropical se apresenta nas áreas mais baixas, a temperatura nessa região oscila entre 22 e 23ºC com duas estações bem definidas, com verões chuvosos e invernos secos. As chuvas no norte do estado variam de 700 a 900 mm e no sul 1.300 a 1.400 mm.

Vegetação

      Quanto à cobertura vegetal, em sua fase original ou nativa, era composta pelo domínio do Cerrado, Mata Atlântica, Campos Rupestres e Mata Seca. No passado, o Cerrado abrangia quase 50% do território estadual, especialmente na parte central, oeste, noroeste e norte. A Mata Atlântica ocorre no sul, sudeste, central e leste, hoje praticamente não existem áreas preservadas com esse tipo de vegetação.

Hidrografia

      A rede hidrográfica do Estado de Minas Gerais é constituída basicamente pela bacia do São Francisco e do Paraná, além de outras secundárias que se dirigem em direção ao Oceano Atlântico. A bacia do São Francisco possui como principais afluentes os rios Carinhanha, Urucuia e Paracatu (margem esquerda) e Paraopeba, Velhas e Verde Grande. A bacia do Paraná é constituída pelos rios Grande, Paranaíba, além de outros afluentes.

Por Eduardo de Freitas
Graduado em Geografia
Equipe Brasil Escola
Fonte:www.brasilescola.com